Livro: Minha lista de coisas para viver | Autor: Ana Luiza Medeiros | Lançamento: 2015 | Editora: Casa do Escritor | Páginas: 266| Classificação do Skoob: 4,3 |
Onde comprar: Amazon | Avaliação: 4 Estrelas 
*E-book do acervo pessoal, disponível no Kindle Unlimited

Olá pessoal!

Hoje temos a resenha de mais um livro nacional, Minha lista de coisas para viver da Ana Luiza Medeiros publicado pela Casa do Escritor que está disponível apenas na Amazon em e-book e na versão física. A primeira edição foi publicada em 2015.

Minha lista de coisas para viver conta a história de Alba. Ela trabalha como revisora em uma das maiores editoras do país (meu sonho!!!) e a Dona Celi, Editora Chefe que já ganhou vários prêmios por seu trabalho, é sua mentora. Ela divide um apartamento com suas melhores amigas: Malu, que é chef em um dos mais badalados restaurantes da cidade, e Rapha, que é professora de Língua Portuguesa em dois colégios. 

Esse trio se completa muito bem: Rapha ajuda as amigas a se desligarem um pouco do trabalho, Malu cozinha e Alba cuida de tudo que seja ligado à organização. Aliás esse é um traço marcante da personalidade de Alba. Diariamente ela anota todos os compromissos e tarefas em listas em um aplicativo em seu celular. Ela é a louca das listas, tem uma para cada situação. 

O sonho de Alba é ser uma escritora reconhecida e está trabalhando em um livro há algum tempo. Mas todas as vezes que mostra seu trabalho para Dona Celi ela tem alguma correção ou alteração para sugerir. Suas amigas querem que ela procure alguém para dar uma segunda opinião sobre o livro. Toda vez que o assunto é abordado Alba desconversa, ela acha que seria uma traição procurar outra editora para publicar seu livro. 

“Foi ela quem me deu a minha primeira oportunidade como revisora de livros que já tinham passado por um editor profissional. Tudo o que eu tinha de fazer era procurar por erros, listá-los e corrigi-los. Nem preciso dizer que o trabalho me caiu como uma luva, mas eu sabia que ele só seria o primeiro passo para a realização de um antigo: ter meu próprio livro publicado.”

Carlinhos, amigo de Alba que é dono do apartamento em que elas vivem (eles moravam todos juntos até que ele se mudou depois que casou), diz que o jornal em que trabalha acabou de fechar contrato com uma editora que acabou de abrir e que pode falar com o editor sobre o livro dela. Depois da insistência dos amigos Alba concorda em enviar o original do seu livro para análise.

No mesmo dia recebe uma ligação da Editora Quatro-Folhas perguntando se pode comparecer no escritório, ela inventa uma desculpa no trabalho e vai. Lá chegando é informada que o Doutor Padú irá recebê-la. Alba fica encantada quando o vê, o que mais chama a tenção são os olhos cor de caramelo esverdeado. Apesar de jovem ele tem uma informação robusta e por isso o chamam de Doutor.

Padú fica curioso para saber o motivo que a levou a procurar outra editora já que trabalha em uma das maiores. Alba tenta desconversar, mas acaba confessando que sua editora acha que falta vida na história e Padú diz que concorda e recomenda que ela escreva uma nova história do zero.

“— Me desculpe, mas se você quiser ser uma escritora de verdade, tem que fazer algumas mudanças. Você escreve muito bem, com certeza tem o talento. Mas sua história precisa ser mais real, mais interessante, mais...— Viva. — Completei.”

O caminho dos dois volta a se cruzar, eles acabam se encontrando durante o almoço de Alba e Padú pergunta como anda o livro novo. Alba admite que ainda não conseguiu escrever nada. Então ele diz que Alba parece muito tranquila e que para escrever melhor é preciso ter vivido muito. Quando tenta rebater o que Padú disse Alba acaba deixando seu aplicativo de listas à mostra quando ela risca o item "segunda-feira/almoço", comprovando o argumento do editor.

Dias depois, Alba está tão chateada que pensa em desistir da carreira de escritora e Padú, que já se tornou um grande amigo, diz que ela deve buscar viver novas experiências e usá-las como inspiração para seu livro. Então ele tem uma ideia: Alba deve fazer uma lista de novas experiências, coisas que ela sempre quis fazer, mas nunca colocou em prática. Este desafio colocará Alba frente a frente com questões mal resolvidas do passado. Acompanhamos Alba nesta jornada de autoconhecimento, que com a ajuda de seus amigos vai correr para realizar todas as tarefas que colocou na sua lista de coisas para viver.

“Quem escolhe os seus limites é você mesmo. Não deixe que te digam o que pode, o que deve fazer. Quem decide isso é você.”

Confesso que descobri este livro por acaso no Kindle Unlimited, não conhecia a autora ou o livro. Li e amei a sinopse, baixei na mesma hora e não me arrependi. Gosto muito de livros que envolvam a própria literatura. Amei ver retratado o mundo no qual pretendo em breve estar inserida, o mundo editorial. 

O texto foi muito bem escrito e me vi completamente envolvida na história de Alba. E o que dizer dos outros personagens, cada um me conquistou de uma forma diferente. Me diverti muito mas também aprendi várias lições com essa turminha. Recomendo muito esta leitura.

Quero aproveitar este primeiro post depois da reformulação do blog e perguntar se vocês gostaram do novo layout ? Espero que sim, pois ele foi feito com muito carinho por minha amiga Krisna. Agora ele ficou mais prático e tem a minha cara, amei o resultado. Desde que retornei com o blog estou procurando melhorar cada dia mais e produzir um conteúdo de qualidade pra vocês. Por isso é muito importante a opinião de vocês. Não deixem de comentar o que gostariam de ver por aqui, podem me indicar livros, tags, filmes e séries. 

Hoje fico por aqui, mas volto na quinta com um novo post.

Beijos,
  

14 Comentários

  1. Oi, Thaís.
    Achei a história do livro bem legal, como amo escrever gosto de livros que retratam essa busca pelo sonho de ser reconhecido por suas palavras.
    Vou dar uma procurada, espero gostar tanto quanto você.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amo livros que retratem esse universo literário. Espero que goste da leitura!

      Beijos.

      Excluir
  2. A sua resenha me fez querer ler! Vou procurar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Giuliana. Fico muito feliz que você tenha gostado da resenha! Você vai adorar o livro.

      Beijos,

      Excluir
  3. Ta aí um livro que a capa não me chamaria a atenção, mas pela sua resenha fiquei com muita vontade de ler! Gente, quem não sonha em trabalhar em uma grande editora? E esse Padú aí? Ai ai ai. Ansiosa pra saber os itens da lista dela e se ela conseguiu escrever uma história mais viva, rs

    Beijooos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jéssica o Padú é ❤. Você vai adorar a história da Alba e sua turma. Beijos.

      Excluir
  4. Oi Thais. Obrigada pela resenha, ficou linda! Obrigada também pelos elogios.
    Gostaria de saber de você o que preciso melhorar, para receber 5 estrelas no próximo livro.
    Bjux, Ana Luiza Medeiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Luiza fico muito feliz que você tenha gostado da resenha. Gostei muito da sua escrita e da história e vou querer ler seu novo livro com certeza e se ele seguir a mesma linha de "Minha lista de coisas para viver" vai ser um sucesso. Beijos.

      Excluir
  5. Primeiro, respondendo sua pergunta, o blog é um amor. O layout permite uma leitura boa do texto e é super fofo e organizado! <3
    Achei o livro bem bonitinho, mas não conseguiu me despertar muito interesse, talvez porque eu tenha barrado no primeiro ponto que fez Alba sair na jornada dela, que não sei se é pra ter vivência ou pra se autodescobrir. Acho que são coisas distintas, mesmo ambas influenciando a escrita dela, acho difícil dizer que falta 'viver' para escrever bem. Escrever envolve muito mais que isso, tem o ouvir, o inventar, o sentir... rsrsrs
    E já tô falando abobrinha demais aqui... kkkk
    A resenha ficou ótima! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que o "viver" nesse caso englobe tudo isso Rê, ter vivência e se autodescobrir. Ela se cobrava demais e acaba deixando de fazer coisas que gostaria e mudar isso ajudaria a melhorar tudo na vida dela, até a escrita. Agradeço muito por você deixar a sua opinião e fico muito feliz que gostou do novo layout.

      Beijos!

      Excluir
  6. Adorei seu blog, não conhecia antes mas está muito legal! Quando a resenha, se eu visse essa capa não sei se daria uma chance para ele, mas com essa sua resenha fiquei super curiosa para saber mais da história, vou procurar na Amazon, adorei a dica! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da resenha e do novo layout.

      Beijos!

      Excluir
  7. Olá, Thais!
    Eu me identifiquei tanto com essa história! Estou colocando agora mesmo na minha lista, de verdade mesmo! ♥

    Beijos,
    Estante da Josy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é muito gostosa de ler, você vai adorar!

      Beijos!

      Excluir