Sábado, 09 de julho de 2016.



Olá pessoal!!!!

A resenha de hoje é Nunca Jamais da Colleen Hoover e Tarryn Fisher publicado pela Galera Record. Este é o primeiro livro de uma trilogia, os outros dois livros ainda não foram publicados em português.

Charlie Wynwood desperta com o barulho de livros caindo no chão, ela está em uma sala de aula mas não faz ideia de quem é nem onde está! Ela pensa em falar com as pessoas mas sabe que vai parecer louca se fizer isso. Na saída da aula uma menina acompanha Charlie até o refeitório, parece que as duas são amigas.
Lá chegando só existe um lugar para ela se sentar, ao lado de um rapaz de cabelos escuros que ao que tudo indica é seu namorado! Seu nome é Silas. Depois do almoço Charlie pede para sua amiga que durante o almoço descobri que se chama Annika acompanhá-la até sua próxima aula. Para a surpresa dela alguns minutos depois de começada a aula Silas entra na sala de aula e senta-se a seu lado na única carteira vaga da sala.
O que Charlie não imagina é que Silas também não faz ideia de onde está e de como tudo isso aconteceu. Ele tente se forçar a lembrar de alguma coisa, mas não consegue e então se levanta sob o olhar assustado dos colegas de classe diz que vai ao banheiro. Silas encontra um garoto no banheiro e ao que tudo indica os dois tem questões não resolvidas e que ele não faz ideia de quais sejam, mas ele acaba saindo sem maiores problemas.
Silas escuta uma batida na porta, é Charlie. Ele avisa que está sozinho e ela entra no banheiro. Ela pergunta para ele qual é o sobrenome dela, Silas tenta desconversar mas ela insiste. Ele acaba confessando que não lembra. Charlie pergunta qual é a primeira coisa que ele lembra é sua resposta é: barulho de livros caindo, assim como aconteceu com ela.
Aos poucos eles conseguem descobrir alguns pontos: tanto Charlie quanto Silas estavam saindo com outras pessoas enquanto namoravam; suas famílias eram amigas e seus pais eram sócios, os dois se conheciam desde crianças, mas agora o pai de Charlie estava preso e sua mãe que virou uma alcoólatra culpa o pai de Silas; Silas morava em uma grande mansão, enquanto Charlie vivia em uma casa humilde; as famílias não aprovam o relacionamento. Agora Charlie e Silas precisam unir forças para tentar desvendar este mistério.

Como não é segredo para ninguém eu sou fã da Colleen Hoover e este trabalho com a Tarryn Fisher só veio para reforçar essa admiração. O texto nos prende desde o início, imagina o susto de acordar em um ligar que você não faz ideia e sem ter a menor noção de quem você é.
Outro ponto que achei muito interessante é que tanto Silas quanto Charlie tem determinadas lembranças aleatórias, como artistas de TV, mas não lembram nada do que é específico da vidas deles como nome dos irmãos, quem são seus pais.
O livro é bem curto tem apenas 192 páginas então a leitura é rápida. A parte ruim é que como já disse este é o primeiro livro de uma trilogia e até o momento não existe previsão para o lançamento dos outros livros em português.
Acredito que a Galera Record não vá demorar muito para publicá-los, assim espero né! Mas pra quem assim como eu não aguenta esperar é possível comprar os livros em e-book em inglês, eu comprei e já comecei a ler o segundo.

Ficha Técnica:
Editora: Galera Record
Autora: Colleen Hoover e Tarryn Fisher
Páginas: 192
ISBN: 9788501106216
Skoob
Onde comprar
Avaliação: 4 Estrelas





Espero que tenham gostado da resenha.

Beijos,


Deixe um comentário