Domingo, 24 de janeiro de 2016.



Olá pessoal!!!!

Hoje a resenha é do livro A menina da Neve de Eowyn Ivey publicado pela Editora Novo Conceito. O livro conta a história do casal Mabel e Jack. O ano é 1920 e eles acabaram de se mudar para o Alasca, o desejo de viverem isolados os levou à decisão de se mudarem. Eles queriam se afastar dos olhares de pena da família e dos conhecidos por eles não terem tido filhos. Eles se casaram um pouco tarde para os padrões da época. Mabel chegou a engravidar, mas o bebê acabou não sobrevivendo.   

Quando decidiram se mudar para o Alasca eles não imaginavam que seria tão difícil sobreviver ao inverno tão rigoroso e nem que o trabalho na terra seria tão árduo. Os dois vão levando a vida, Jack cuida da terra e Mabel cuida da casa. Mas ela sofre com as lembranças da criança que perdeu, ela alimenta o desejo de ser mãe.
Uma noite a neve começa a cair mais intensamente, é a primeira nevasca doa ano, e Mabel sai de casa depois de ficar admirando a neve pela janela por um tempo. Como ela não tem esse costume Jack estranha e a segue. Quando ele se aproxima ela atira uma bola de neve no marido. Eles acabam brincando na neve até que Mabel tem a ideia de fazer uma criança de neve. E foi o que eles fizeram, uma menina de neve. Depois que terminam, Mabel coloca um cachecol e um par de luvas vermelhas na menina e eles voltam para a casa.
Na manhã seguinte, Jack notou ao sair para buscar mais lenha o vulto de uma menininha com uma cachecol vermelho e cabelos brancos caindo pelas costas. Ela saiu correndo e desapareceu no meio das árvores. Então ele viu que a menina de neve não estava mais na porta da casa deles, e o cachecol e as luvas também não. Haviam pegadas do lugar onde estava a menina de neve até a floresta.  Jack decide procurar pela menina na floresta mas não encontra nada.  
Um dia Mabel está sozinha em casa e avista uma criança pequena e rápida num casaco azul passando pelas árvores. Ela tenta seguir a menina mas não consegue. Quando Jack retorna ela conta que também a viu a menina que ele tinha visto. Eles procuram saber se existe alguma criança desaparecida ou se algum outro vizinho tem filhas, mas não existe notícia de nenhuma criança desaparecida e as filhas dos vizinhos não se encaixam na descrição e além disso eles moram muito longe.
Jack e Mabel estão perto de ficar sem o que comer devido ao inverno rigoroso. Jack havia sido encorajado por um vizinho a caçar um alce e assim eles teriam carne suficiente para todo o inverno. Ele decide ir até a floresta tentar caçar. Então a menina aparece e lhe mostra o caminho e ele encontra um alce muito grande e consegue abatê-lo. Então eles terão como se alimentar durante o inverno. Depois deste encontro a menina começa a aparecer na casa deles, sempre levando algum presente que ela retira da floresta.
Eles acabam se afeiçoando cada dia mais à menina, amando-a como se fosse filha deles. Mas ela sempre vai embora. Ela não é uma criança comum, ela vive sozinha na floresta gelada, tem como companhia uma raposa vermelha e caça sua própria comida. Seu nome é Faina. Mabel acredita que ela é a menina de neve que eles fizeram naquela primeira nevasca, mas Jack não acredita.  Será que ela é real ou apenas fruto da imaginação deste velho casal que tanto sonhou em ter um filho.

Este é o livro de estréia da autora. Me emocionei muito com esta história. É possível sentir a tristeza do casal Mabel e Jack. Eles sofreram tanto com a perda de seu filho que decidiram se mudar para o Alasca e viver isolados. Mas a vida que lá encontram não é como imaginavam. Mabel tinha esperanças de reforçar os laços como seu marido, queria ajudá-lo a cuidar da terra. Mas na verdade ela ficava o tempo todo sozinha em casa enquanto ele tentava cuidar da fazenda. Ela já estava fragilizada pela perda seu filho e o isolamento ajuda a piorar tudo.
Então surge esta criatura mágica, uma menina que vive sozinha em uma floresta em pleno inverno. Ela trouxe alegria para vida deles, que aguardam ansiosos suas visitas. Eles sempre tentam fazer com que ela fique com eles, mas ela só consegue viver na natureza. Eles se perguntam qual é a origem desta menina, de onde ela vem, como consegue uma criança viver sozinha em uma floresta em pleno inverno no Alasca. Será que ela é a menina da neve que eles fizeram?
É muito bonito ver como o sentimento entre eles vai crescendo. É uma verdadeira relação de pais e filho. Jack e Mabel se amam Faina como se ela fosse filha deles, e ela também gosta muito deles. Também é muito interessante ver como era a vida naquele tempo, sem as comodidades que estamos acostumados hoje, dependendo unicamente do trabalho na terra e um lugar tão isolado. Recomendo muito esta leitura que é um misto de drama, mistério e fantasia. É uma história emocionante e surpreendente.

Espero que tenham gostado da resenha.

Beijos,



Deixe um comentário