Quarta-feira, 02 de dezembro de 2015.



Olá pessoal!!!!

 Hoje a resenha é do livro A guardiã do tempo de Stacey McGlynn publicado pela Editora Record. O livro conta a história de Daisy Phillips , uma senhora inglesa de 77 anos que vive em Liverpool. Ela perdeu o marido há 4 anos e mora sozinha na mesma casa em que ela nasceu. Seu filho mais velho Dennis é quem a ajuda quando é necessário, cortando a grama e fazendo pequenos reparos. Mas Dennis, convencido por sua esposa Amanda, decide se mudar para Chessex que fica muito longe de Liverpool e quer vender a casa de sua mãe e levá-la com eles para morar em um asilo. 
 Daisy não quer se mudar ou vender sua casa e querendo mostrar pra seu filho Dennis que ela vai conseguir se virar sozinha quando ele se mudar decide consertar sozinha um vazamento no chuveiro. Quando ela foi até o porão para fechar o registro para começar o conserto ela encontra várias lembranças, seu vestido de noiva, as mantas de seus filhos quando bebês e uma caixa de jóias. Ela leva para seu quarto as mantas e a caixa de jóias.
 No dia seguinte Daisy acordou com um barulho de água e quando foi até o porão ele estava cheio de água. Estava vazando água do cano da máquina de lavar. Ela entra no porão e sobe em uma escada para ver melhor quando escuta uma explosão. o quadro de fusíveis entrou em curto. Daisy fica presa em cima da escada até que no fim do dia seu filho Dennis a encontra em estado de choque.
 Ela fica três dias internada se recuperando do acidente. Dennis pergunta quem é Michael, ele diz que ela estava chamando este nome quando ela a encontrou. Ela afirma não saber de quem se trata. Mas na verdade ela sabe muito bem. Michael Baker era um soldado americano por quem Daisy era apaixonada.
 Eles se conheceram na padaria dos pais de Daisy. Ele estava de licença junto com um amigo que morava em Lancashire onde ficava a padaria de seus pais. Eles se apaixonaram, mas Michael teve que voltar para os Estados Unidos. A mãe de Daisy não apoiava o relacionamento. Mas ele prometeu que voltaria para buscá-la. Michael deixou seu relógio com ela. No início ele escrevia cartas diariamente mas depois elas pararam de chegar. O relógio que ele deixou estava em na caixa de jóias que ela havia encontrado no porão.
 Daisy decide que tem que devolver o relógio para Michael ou para algum filho que ele tenha tido. Ela decide então enviar uma carta para sua prima Ann Patterson que vive em Nova York pedindo para passar uns dias com ela. Sua prima não responde de imediato, elas nunca tiveram contato e Ann é muito ocupada cuidando de seus netos. Quando ela comenta com sua filha Elisabeth sobre a carta de Daisy ele se oferece para hospedá-la. Então Ann liga pra Daisy e combinam os detalhes da viagem.
 Mas logo que chega aos Estados Unidos Daisy se sente deslocada, sua família sequer entende o que ela fala por causa de seu sotaque. O marido de Elisabeth, Richard, é quem acaba fazendo o intermédio entre eles no início. Daisy conta para Michael, um dos filhos de Elisabeth, o motivo de sua viagem e ele fica super entusiasmado em ajudar na busca por seu xará. Durante essa busca Daisy estreita os laços com sua família e conhece algumas pessoas que vão ajudá-la. Essa jornada não será fácil mas trará muitas descobertas e surpresas para todos.

 Descobri este livro por acaso em uma livraria, não conhecia o livro ou a autora. Gostei muito da capa e quando li a resenha fui conquistada. Adorei este livro!!!! A leitura se desenvolve facilmente e a história de Daisy é cativante. É muito grande a empatia que criamos com a personagem. Imaginem como deve ser a sensação de ter que se mudar de sua casa, onde nasceu e sempre viveu, e mudar-se para um asilo? No meio de toda essa confusão ela encontra lembranças do passado há muito esquecidas sem seu porão.
 Ela revive todo o seu relacionamento com Michael, o soldado americano que havia conquistado seu coração. Daisy quer respostas para o que aconteceu no passado, o motivo do fim das cartas, por Michael não ter voltado para buscá-la como haviam combinado. Aos poucos ela vai descobrindo estas repostas. Todos ficam envolvidos na busca por Michael. Durante esta busca ela ganha uma nova família, Elisabeth e seus filhos.
 Recomendo muito este livro, vocês também vão se apaixonar pela história de Daisy.

 Espero que tenham gostado da resenha.

 Em breve volto com um novo post!

Beijos,


Deixe um comentário