Quarta-feira, 09 de dezembro de 2015.



Olá pessoal!!!!

 A resenha de hoje é do livro Colega de Quarto do autor brasileiro Victor Bonini publicado pela Faro Editorial. O livro conta a história de Eric Schatz, carioca, estudante de direito que mora sozinho em São Paulo. Há algum tempo ele tem percebido indícios de que existe outra pessoa em seu apartamento. Objetos que não são dele começam a aparecer no apartamento, um par de chinelos, uma escova de dentes, a descarga do banheiro é acionada no meio da noite sozinha! 
 Um dia, tarde da noite ele procura o detetive particular Conrado Bardelli, também conhecido como Lyra, pedindo que investigue o que está acontecendo em seu apartamento. Mas Eric quer respostas rápidas. Ele desconfia que estão querendo deixá-lo louco. Conrado Bardelli tenta entender o que está acontecendo, mas Eric acaba indo embora do escritório do investigador. Bardelli fica curioso e investiga o sobrenome de seu visitante misterioso e descobre que ele é herdeiro do grupo Viva Editorial, uma das maiores empresas do ramo.
 No meio da madruga Lyra recebe uma ligação em seu apartamento, novamente é Eric. Ele está assustado e chorando e não fala coisa com coisa. Ele acaba desligando antes que o investigador consiga fazer nada.
 No dia seguinte logo pela manhã o delegado de polícia Wilson, velho conhecido de Lyra, o procura em seu escritório. O delegado pede para Lyra confirmar o telefone o número do telefone dele, depois da confirmação ele informa que um rapaz se suicidou e que ao verificarem o telefone dele descobriram que o último número para o qual ele ligou era o do investigador. Eric Schatz se jogou da janela de seu quarto no décimo quinto andar de um prédio de alto padrão no bairro Higienópolis em São Paulo.
 Conrado Bardelli fica em choque com a notícia, se sente culpado por não ter ajudado o rapaz. Ele vai com o delegado até o prédio onde Eric morava. Mesmo que todos os indícios levem a crer que foi aparentemente um suicídio comum, tanto Bardelli quanto o delegado Wilson não veem sentido. Agora Bardelli terá ajudar a polícia a investigar este caso que esconde muitos mistérios.

 Descobri este livro por acaso em uma das minhas visitinhas a uma livraria e fiquei muito curiosa ao ler a sinopse. Procuro sempre descobrir novos livros de autores nacionais e este me conquistou. Este é o primeiro livro do autor Victor Bonini. Ele é formado em jornalismo e apresentou como trabalho de conclusão de curso um livro sobre o caso Pesseghini que chocou o nosso país em 2013. O trabalho não foi publicado devido a um acordo com a família das vítimas. Acredito que toda essa base jornalística serviu de alicerce para o história deste livro.
 A edição do livro está muito caprichada e bonita, mas achei a capa é meio assustadora. A história é divida em três partes e vamos acompanhando as descobertas do investigador Conrado Bardelli. Por trás deste provável suicídio existem muitas outras histórias, muitas pessoas estão envolvidas.
 A leitura se desenvolve muito fácil e é bem fluída. Adorei a escrita do Victor Bonini. Gosto muito deste estilo de livro, mistura sobrenatural, suspense psicológico e investigação policial. Recomendo muito a leitura deste livro e aviso que o final desta história é surpreendente.

 Espero que tenham gostado da resenha!

 Em breve resenha de Pela Lente do Amor de Megan Maxwell.

Beijos,







Deixe um comentário